• Conheça os locais a visitar no Porto

  • Portugal eleito Melhor Destino Turístico Europeu

  • Roteiro pelas caves do vinho do Porto

  • Top 10 dos sítios a visitar em Sintra

12 melhores lugares para visitar no Norte de Portugal

Além do Porto, o Norte de Portugal é muitas vezes esquecido pelos turistas internacionais. No entanto, como portugueses que viajaram muito pelo nosso país, sabemos que o Norte de Portugal é provavelmente a região mais autêntica, com uma vasta gama de destinos interessantes. Se está a planear uma viagem a Portugal, deve reservar pelo menos alguns dias para descobrir esta fascinante região. Vamos mergulhar nas coisas mais interessantes para fazer no Norte de Portugal e o que deve saber ao planear quando, onde e como visitar.

1. Porto

O Porto é a maior cidade e o principal centro de viagens do norte de Portugal. No entanto, até alguns anos atrás era esquecido pelo turismo, mas nos últimos 10 anos isso mudou. O Porto foi considerado por três vezes o melhor destino europeu pelos principais outlets internacionais, e o Centro Histórico do Porto é hoje património mundial da UNESCO.

Hoje, os turistas viajam ao Porto para desfrutar da gastronomia requintada, das belas vistas e do encanto do seu centro histórico. A Ribeira é provavelmente a zona mais famosa do Porto com as suas casas antigas, ruelas estreitas, o rio Douro e a Ponte D. Luís. No entanto, aconselhamos vivamente a visitar também algumas outras atrações importantes, como o edifício neoclássico da Bolsa, a Sé Catedral, a Torre dos Clérigos, a modernista Casa da Música e o parque da cidade do Porto.

2. Guimarães

Guimarães situa-se a 50 km a norte do Porto e é considerada o nascimento da nação portuguesa pelo facto de aí ter sido travada a Batalha de São Mamede, considerada o acontecimento crucial para a fundação de Portugal.

Em Guimarães, os dois edifícios principais são o Castelo de Guimarães e o Paço dos Duques de Bragança. O castelo foi construído inicialmente no século X e tem um grande significado nacional, enquanto o Palácio dos Duques é uma imponente casa senhorial do século XV com quartos majestosos.

No entanto, a maior razão pela qual este é um dos melhores lugares para visitar no Norte de Portugal é porque Guimarães tem uma cidade velha extraordinariamente bem preservada, repleta de belas praças, ruas de paralelepípedos, ruelas pitorescas e igrejas. Guimarães é também património mundial da UNESCO desde 2001.

3. Braga

Apesar de ser uma das cidades portuguesas mais antigas, Braga é também uma das mais animadas, principalmente pela sua Universidade. Localizada no Minho a cerca de 55 Km a norte do Porto, Braga sempre foi uma cidade de grande destaque. Durante a época romana, Braga (Bracara Augusta) foi a capital da província da Gallaecia, e mais tarde Braga tornou-se a primeira diocese portuguesa.

A Sé de Braga foi construída no século XII pelos pais do primeiro Rei de Portugal, D. Henrique, e D. Teresa, que aí foram sepultados. Esta catedral é a mais antiga de Portugal e também é chamada de Museu do Tesouro. Uma das coisas mais agradáveis ​​que se pode fazer em Braga é passear pelo centro histórico para visitar as muitas igrejas e admirar as casas e edifícios históricos.

4. Chaves

Chaves está localizada em Trás os Montes, muito perto da fronteira espanhola. Os arredores de Chaves são um local chave para visitar, pois é famoso por ser uma grande região termal, oferecendo aos viajantes vários spas e banhos termais. Chaves é reconhecida pela excelente qualidade das nascentes termais e pelas propriedades curativas da água desde a época romana. Na verdade, uma das principais atrações da cidade são os banhos romanos.

Chaves também tem sido estrategicamente importante há séculos, pois foi a primeira defesa contra invasores. O castelo medieval, a sua torre de menagem e todo o bairro medieval contido dentro das muralhas da cidade são o testemunho que resta da importância defensiva da cidade.

Algumas das outras atrações a não perder em Chaves incluem a ponte romana de Trajano, as belas varandas floridas da cidade velha e o palácio ducal. Por fim, ao visitar Chaves, não deixe de provar as especialidades locais: o Pastel de Chaves, os presuntos e os enchidos.

5. Parque Nacional do Gerês

O Parque Nacional do Gerês está localizado no extremo norte de Portugal, fazendo fronteira com Espanha. Fica a cerca de uma hora e 30 minutos do Porto, e é o único parque nacional em Portugal. O Gerês é um paraíso natural com bosques exuberantes, cascatas e lagos. No entanto, é também o lar de aldeias tradicionais com cenários e património cultural muito únicos.

Uma das melhores formas de explorar o Gerês é fazer caminhadas pelos vários trilhos do parque e descobrir miradouros escondidos, cascatas e lagos fluviais. Para os viajantes aventureiros, há canyoning noturno. E se estiver quente o suficiente, pode-se até mergulhar na água para se refrescar!

Algumas das atrações mais famosas (e bonitas) do Parque Nacional do Gerês são:

  • Miradouro da Pedra Bela: Um dos miradouros mais bonitos de Portugal.
  • Floresta da Albergaria: O coração do Parque Nacional do Gerês.
  • Cachoeiras do Taiti: Possivelmente a mais bonita das muitas quedas do Gerês.
  • Ponte da Misarela: Uma ponte incrível escondida em um cânion.

6. Vale do Douro

O vale do Douro é uma grande região onde o rio Douro serpenteia pelas colinas de vinhas criando vistas incrivelmente cénicas. Uma das coisas que amamos no Vale do Douro é que você pode visitá-lo de diferentes maneiras. Pode-se fazer um cruzeiro no rio, uma viagem de carro, uma viagem de trem, um passeio de helicóptero ou até mesmo explorá-lo de bicicleta! Cada maneira que você visita é diferente, mas é sempre uma experiência maravilhosa.

As vinhas do Vale do Douro produzem o famoso vinho do Porto, e toda a região é património da UNESCO desde 2001. Ao visitar o Vale do Douro, algumas das paragens obrigatórias são Pocinho, Pinhão, Peso da Régua e Miranda do Douro.

7. Viana do Castelo

Viana do Castelo está localizada no norte de Portugal, a cerca de uma hora do Porto, na foz do Rio Lima. Localizada no topo de uma montanha está a Basílica de Santa Luzia e as suas vistas panorâmicas são as nossas coisas favoritas em Viana do Castelo. A igreja em si é icónica e bastaria para uma visita, mas a sua localização e o miradouro sobre a cidade, o rio Lima e o oceano são majestosos.

As praias perto de Viana do Castelo também são muito bonitas, mas a água é fria – muito fria! – mesmo no verão. Por fim, o Gil Eannes é um antigo navio-hospital português que foi convertido num museu muito interessante e numa pousada da juventude. É uma atração bem diferente, mas que aconselhamos fortemente a conferir e até passar uma noite, se puder.

Você pode visitar Viana de forma independente ou participar de um passeio de vários dias que oferece transporte confortável por esta área menos visitada de Portugal.

8. Amarante

Amarante é uma pacata aldeia situada na margem do rio Tâmega. A pitoresca ponte de São Gonçalo e a bela igreja ao lado são as características mais importantes do centro histórico, enquanto o parque ajardinado junto ao rio Tâmega dá a Amarante o toque especial que torna esta vila tão apelativa.

As pequenas ruelas calcetadas e as casas com varandas dão um toque medieval e até romântico a Amarante. Caminhar pela vila é sem dúvida a melhor forma de a visitar e, ao fazê-lo, também pode experimentar a sua famosa pastelaria conventual. Se você gosta de doces e bolos, você está em um deleite!

9. Ponte de Lima

Ponte de Lima é conhecida em Portugal como a vila mais antiga do país. É também um destino gastronómico muito conhecido, com muita comida tradicional do norte de Portugal. Entre estes, destaca-se um prato especial, o “arroz de sarrabulho”, um único e tradicional guisado de porco e arroz com um ingrediente muito particular: o sangue de porco. É uma daquelas coisas – ou você adora ou… pode nem tentar…

10. Passadiços do Paiva

Os passadiços do Paiva (passadiços do Paiva em português) são provavelmente o trilho mais famoso de Portugal. Localizam-se no concelho de Arouca, a cerca de 65 km a sudeste do Porto, junto à margem esquerda do rio Paiva.

Os passadiços têm cerca de 8 km de extensão e proporcionam um trilho de natureza pela bela paisagem ao longo do Rio Paiva. O percurso estende-se desde as praias fluviais do Areinho e Espiunca, situando-se entre elas, a praia do Vau. Durante a caminhada também é possível observar as cachoeiras das Aguieiras, as corredeiras e a garganta do Rio Paiva. Por favor, note que apesar de não ser muito longa, esta é uma trilha muito íngreme, o que torna bastante difícil e você deve estar preparado para a caminhada!

11. Aveiro

A cidade de Aveiro localiza-se a cerca de 50 km a sul do Porto na foz do Rio Vouga, na Lagoa de Aveiro. Aveiro é geralmente apelidada de Veneza portuguesa por causa de seus barcos de alta proa, pontes e rede de canais pitorescos. Como quase todas as cidades portuguesas, Aveiro é melhor visitada a pé, embora os seus canais tornem um passeio com os barcos tradicionais (moliceiros) uma experiência incrível.

Ao visitar Aveiro, é preciso visitar a colorida Costa Nova, uma extensão de praia mais conhecida pelas suas casas pintadas em tiras, e as dunas próximas na Reserva Natural de São Jacinto.

12. Pitões Das Júnias

Esta pequena vila ainda está localizada no Parque Nacional da Peneda-Gerês, mas está tão longe da maioria das outras atrações do Gerês que precisa de uma característica como um dos melhores lugares por si só. Na verdade, não só está longe do resto do Gerês, está longe de tudo em Portugal. Mas esse é um de seus principais apelos.

Pitões de Júnias não é o seu destino de viagem habitual – não recebe muitos turistas, mas é um lugar maravilhoso e relaxante. Existem duas atrações principais em Pitões de Junias, um antigo mosteiro decrépito e uma bela cachoeira com uma trilha que leva até ela. O mosteiro foi construído no século IX e não está mais em uso. No entanto, é uma vista tão maravilhosa e um ótimo lugar para explorar que faz a viagem a Pitões de Júnias valer a pena.

BÓNUS

13. Foz Coa

Foz Coa significa literalmente a foz do Coa (rio) e é onde o Rio Coa desagua no Douro. Apesar do seu cenário maravilhoso, Foz Côa só se tornou uma atracção turística e um dos melhores locais a visitar nos últimos 20 anos. Ao fazer um estudo de impacto ambiental para uma barragem, os pesquisadores descobriram uma impressionante coleção de arte paleolítica.

Em retrospectiva, os arqueólogos chamaram a atenção do mundo para os petróglifos, a construção da barragem foi cancelada, as pinturas tornaram-se Património Mundial da UNESCO e agora Foz Coa é uma das coisas mais interessantes para visitar em Portugal.

14. Caminha

Caminha é um pequeno litoral localizado no noroeste de Portugal nas margens do rio Minho. Esta é uma cidade velha fofa que combina diferentes estilos arquitetônicos. Em Caminha, o viajante deve visitar a Rua Direita (que significa rua reta), a praça central com sua bela fonte e a cidade dos relógios.

A praia de Caminha contorna a costa e ao longo do rio dando aos banhistas duas opções: o mar ou o rio. A cerca de 200 metros da costa fica o impressionante (e perfeito) Forte de Insua do século XVII. As praias ao redor de Caminha são algumas das nossas favoritas no norte de Portugal – no entanto, lembre-se que a água é muito fria!

15. Miranda do Douro

Miranda do Douro é uma vila fortificada fronteiriça, situada na margem do rio Douro. Nesta região, o rio Douro cria um desfiladeiro impressionante e dramático. O castelo em ruínas e a Sé de Miranda do Douro conferem à vila um toque e encanto medieval.

Uma das melhores coisas para fazer em Miranda do Douro é fazer um cruzeiro fluvial pelo parque natural internacional do Douro e apreciar as vistas. Miranda do Douro também é famosa pela sua deliciosa “posta mirandesa”, um bife de vitela extremamente saboroso e grande feito a partir de vitelos criados nesta região.

Amarante, bracara augusta, braga, Caminha, casas antigas, castelo de guimarães, centro histórico do porto, chaves, Foz Côa, Geres, guimarães, minho, miranda do douro, norte de portugal, parque nacional da peneda-gerês, Passadiços do Paiva, Pitões De Júnias, ponte d. luís, Ponte de Lima, Porto, rio douro, Torre dos Clérigos, unesco, vale do douro, Viana do Castelo, vinho do Porto


Made with love by Joline. All rights Reserved.